Livro “O Brasil e o mar no século XXI”

Foi desde sempre o mar.

Cecília Meireles

Este é um livro especial. Ele reflete o esforço de muitos brasileiros para levar à Nação um bem precioso: o significado real de um grande patrimônio que o País possui, o Mar Brasileiro, também denominado "Amazônia Azul".

Primeira Edição

A partir dos trabalhos da Comissão Nacional Independente sobre os Oceanos (CNIO), criada no Brasil como um foro de interlocução com a Comissão Mundial – CMIO –, na esteira comemorativa do Ano Internacional dos Oceanos, 1998,  surgiu a primeira edição de “O Brasil e o mar no século XXI – Relatório aos tomadores de decisão do País”. Não há como deixar de destacar que se tratava da primeira vez, no País, que se concretizava a iniciativa de produzir um trabalho sobre todos os aspectos ligados ao mar.

Segunda Edição

A partir de 2009, o recém-criado Centro de Excelência para o Mar Brasileiro (Cembra), assumiu logo, como seu primeiro Projeto Estruturante, produzir uma segunda edição, com uma revisão completa dos temas analisados.

Edição Virtual

Em seguida, o Cembra passou a se preocupar em assegurar que não mais  ocorreriam intervalos de quase  15 anos entre edição e outra do livro. Decidiu-se, então, estabelecer um 2º Projeto Estruturante, com o propósito de manter-se, via virtual, a atualização permanente do livro. É este o trabalho que ora se apresenta, com uma primeira atualização virtual já realizada, na qual houve o acréscimo de mais um capítulo: Arqueologia Marinha.

A edição virtual contém 21 capítulos, distribuídos em nove partes:

  • 1ª Parte - Direito e segurança no mar, com dois capítulos: Direito do Mar e Segurança no Mar;
  • 2ª Parte - O mar – fonte de energia e recursos minerais, com três capítulos: Exploração de Petróleo, Energia dos Oceanos e Recursos Minerais;
  • 3ª Parte - O mar – fonte de alimentos, com dois capítulos: Pesca e Maricultura;
  • 4ª Parte - O mar – meio de transporte, com três capítulos: Marinha Mercante, Portos e Construção Naval;
  • 5ª Parte - O mar – Ecologia e Turismo, com três capítulos: Ecossistemas Costeiros, Poluição Marinha e Turismo Marítimo;
  • 6ª Parte - O mar – Desenvolvimento Sustentável, com um capítulo: Desenvolvimento Sustentável;
  • 7ª Parte - O mar - Ciência, Tecnologia e Inovação, com quatro capítulos: Ciência, Tecnologia e Inovação, Biotecnologia Marinha, Mudanças Climáticas e Arqueologia Marinha;
  • 8ª Parte - O mar – uma perspectiva nacional, com dois capítulos: O mar visto pelo brasileiro e Mentalidade Marítima; e
  • 9ª Parte - Conclusões, contendo o último e conclusivo capítulo.

Ao clicar sobre a representação da capa acima reproduzida, fica facultado o acesso aos capítulos e anexos, componentes da edição virtual. No momento, está em curso a segunda atualização virtual do livro. Nas alterações efetuadas, quando por ocasião da 1ª edição virtual, elas foram destacadas em letra vermelha. Nos capítulos que passaram pela segunda atualização, os destaques em vermelho já não mais aparecem, passando a constar, em letra azul, apenas as novas alterações ocorridas em relação à 1ª edição virtual. No Sumário, indica-se o mês e ano que ocorreu a atualização feita, em cada capítulo.

Cabe deixar aqui registrado o especial reconhecimento ao Comando da Marinha, pelo apoio permanente, sem o qual a segunda edição e a edição virtual do livro não teriam vindo à lume.

Sugestões são bem-vindas, podendo-se utilizar o canal Fale Conosco.

Finalizando, invocamos a grande Poetisa, Cecília Meireles, cujo verso, em epígrafe, sinaliza o valor transcendental do Mar, para o Planeta e para a Humanidade. Pois, se “foi desde sempre o mar” para o Mundo e para as Gentes, já passa da hora de o Brasil assumir sua inevitável vocação marítima.