Em agradecimento, o Prof. Theodoro  indica que sempre sentiu-se muito próximo das atividades ligadas ao mar, desde sua formação como 2º Tenente  em centro de formação de Oficiais  da Reserva da Marinha. Mesmo após, sua carreira profissional o manteve em contato com   atividades afins ao meio marinho.  Por tudo, já se considera integrado ao Cembra. Indicou que envidará seus melhores esforços com vistas à ainda  maior integração da Coppe ao Centro de Excelên-cia.  Foi apreciada a primeira  atualização  do Cap. IV – Energia dos Oceanos da publicação “O Brasil e o Mar [ ... ]”, efetuada pelo Prof. Segen, para inclusão em edição virtual, no site, sendo o trabalho aprovado, sem restrições, ficando o Coordenador Executivo de providenciat tal inclusão, após a edição correspondente.  Com tal  atualização, completa-se a primeira  rodada de atualizações do livro, a partir de sua 2ª edição. De fato, a segunda rodada  já teve início com a nova atualização ocorrida do Cap. VIII – Marinha Mercante (até  SET 2013), trabalho que terá continuidade no ano em curso.  Aborda-se a seguir o Terceiro Projeto Estruturante do Cembra (3º PE/Cembra), a saber, a organização e a execução do “Seminário sobre Submersíveis – Desbravando o Mar Brasileiro”. A inclusão do item na agenda, logo após  realizada a 3ª COr/Cembra, vale  como registro formal do atual estágio de organização do Seminário, mantendo  a Comissão de Coordenação Executiva  informada  sobre os progressos do trabalho, que envolve  sete  integrantes do Cembra e um bom número de representantes de diversas Organizações da Marinha do Brasil, esses, capitaneados pelo Representante da Marinha – Alte. Pontes Lima. Apresenta-se  uma síntese das  providências/decisões mais relevantes ocorridas na 3ª COr, como por exemplo, a definição sobre o logo do Seminário; acertos sobre a montagem de um site específico para o Seminário, que poderá ser acessado diretamente  ou por intermédio do site do Cembra, havendo sido cogitada a possibilidade de também fazê-lo a partir do site dos Parceiros do Cembra e do  CCSM; a escolha dos moderadores para os quatro painéis e para  entrega dos diplomas aos palestrantes; a conveniência de serem, de pronto, encaminhadas as passagens correspondentes, tão logo conhecidos os palestrantes do exterior que a elas fazem jus; as possibilidades que se abrem com a transmissão direta das palestras, em tempo real, pela Internet; etc. A propósito, Oficiais da DHN que acompanharam o Seminário de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica que a Marinha promoveu em novembro p. p., no auditório da Coppe (mesmo local do Seminário sobre Submersíveis) forneceram  observações muito úteis para o Seminário ora em organização. Terminado o prazo de quatro anos relativo à gestão do atual Coordenador Executivo – Alte. Costa Fernandes – aborda-se   a escolha de novo Coordenador Executivo.

   Costa Fernandes indicou não ter condições, por motivos pessoais, de continuar à testa da Coordenação, por um novo quatriênio. Atendendo a solicitações do plenário, concorda, entretanto, em permanecer na função, ficando à vontade para afastar-se, caso os atuais impedimentos pessoais assumam maior proporção. Nestes termos, a CE encaminha o assunto à apreciação da Assembleia Geral que se sucederá. Nos termos estatutários e regimentais,  o Conselho Fiscal apresenta o seu parecer relativo á aprovação das contas referentes a 2013. A Comissão  aprova  o Parecer   e o encaminha para aprovação final, da competência da Assembléia Geral ( item III do Art. 4 do Regimento interno). Pela agenda, sucede-se o  atendimento  a  outro preceito, dessa feita, regimental:  a apresentação do Relatório Anual de Atividades – 2013, sobre as atividades do Cembra. Na ocasião, o Coordenador Executivo  destaca  alguns  pontos julgados mais importantes do documento que é aprovado, após submetido ao plenário.    [Cabe informar que, na Assembleia Geral que se sucedeu (6ª AG/Cembra), foi aprovado o Parecer sobre as contas relativas a 2013, bem como o  Relatório Anual – 2013. Ainda aprovou-se  a  renovação do mandato do atual Coordenador, ficando de ser levado, na devida conta, caso necessário, o eventual agravamento dos impedimentos pessoais por ele apresentados].

 Mais adiante, foi o impulsionador do “Acordo de Cooperação do Cembra com a Coppe, com a interveniência da Coppetec”, firmado em setembro  de 2012. Finalmente, ainda foi lembrado que  o Prof. Segen, em breve, estará novamente junto ao Cembra, escolhido que foi, pelo MCTI, para apresentar a palestra, em nome daquele Ministério, intitulada preliminarmente  “Os submersíveis e a pesquisa oceanográfica, no País”, por ocasião do Seminário sobre Submersíveis, em abril p. v.. Não se pretende, aqui, esgotar o elenco de gentilezas e atenções com que  o Prof. Segen brindou o Cembra, ao longo dos últimos anos – indicou Costa  Fernandes – mas  apresentar  uma amostragem de algumas de suas providências  que muito contribuíram para o fortalecimento do Centro de Excelência.  Por tudo,  o Prof. Segen é muito merecedor de nossos  agradecimentos  e  dos votos  de muito sucesso no novo e importante cargo que  passou a  exercer, de Presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Oceânicas e Hidroviárias (INPOH).  

O  Prof. Segen, em seguida, agradeceu a manifestação de apreço e indicou ter sido muito prazerosa sua representação junto ao Cembra, instituição que avalia como de  grande potencial para o desenvolvimento de atividades relativas ao Mar Brasileiro. Dá notícia de que o seu substituto será o Coordenador do Programa de Engenharia Oceânica e do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da UFRJ, Pós-Graduação e Graduação – Prof. Theodoro Antoun  Netto.

Ao abordar-se o item da agenda sobre a Organização do Seminário  sobre Submersíveis, mais especificamente,  o  estágio de planejamento, após  a  realização das duas reuniões já realizadas  do Comitê de Organização (COr/Cembra), foram divulgados os principais avanços obtidos em tais reuniões, a saber:

- o estabelecimento da data e local do evento, intitulado "Seminário sobre Submersíveis - Desbravando o Mar Brasileiro": 10 e 11 de abril do ano vindouro, na Coppe;

- o encaminhamento de convites a 13 das 15 instituições nacionais e estrangeiras convidadas para apresentar seus trabalhos. Para o Painel sobre “Submersíveis – interesses e utilização por parte de entidades governamentais”,  já foi confirmada a palestra a ser proferida pelo Prof. Segen Farid Estefen (Presidente do INPOH), como já mencionado, como representante do MCTI e aquela a cargo do Alte. (EN) Humberto Moraes Ruivo (Diretor do Instituto de Pesquisas da Marinha – IPqM) sobre "Desenvolvimento e possibilidades de emprego na Marinha do Brasil”. No painel sobre “Submersíveis – Desenvolvimento e utilização por parte de entidades privadas”, está assegurada a participação do Comte. (EN-RM1) Leonam dos Santos Guimarães (Diretor Técnico Comercial da Amazul – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S. A.) sobre o tema  “Proposta de obtenção de um veículo de imersão profunda (VIP) tripulado, nacional”. Finalmente, para o painel sobre  “Submersíveis – Apresentação de iniciativas em âmbito da Universidade”, já é certa a presença da Coppe/UFRJ e da USP. Pela Coppe, os Profs. Liu Hsu e Ramon R. Costa (GSCAR – Programa de Engenharia  Elétrica da Coppe) farão uma exposição sobre o “ROV LUMA: Desenvolvimento de um robô submarino nacional para monitoração ambiental na Antártica”, enquanto o Prof. Ettore Apolônio Barros abordará o seu “Projeto Pirajuba”;

- o levantamento dos diversos orçamentos a serem obtidos, com vistas à compatibilização das necessidades do conclave com os recursos  financeiros existentes (e os esperados); efetuadas, de pronto, as primeiras aquisições de material; e

- a reserva de hotel para os palestrantes estrangeiros.

O COr, coordenado pelo Coordenador Executivo, é integrado por sete membros do Cembra  e por treze participantes da Marinha do Brasil (DHN, IPqM, Casnav, CHM, BHMN e EscCTIMBCoppe), esses, capitaneados pelo Representante da Marinha no Cembra – Alte. Pontes Lima . Ainda juntou-se ao COr, posteriormente, representante  da Amazul, Empresa  que prontificou-se a patrocinar o conclave.

Com respeito à  Ação Estruturante  – Manutenção, permanentemente atualizada, em edição virtual, da publicação “O Brasil e o Mar [ ... ]”,  além do capítulo VIII – Marinha Mercante,  já atualizado pela segunda vez, dessa feita até NOV 2013, indica-se  ter sido encomendada a 2ª atualização virtual (até JAN 2014) do capítulo XVI – Biotecnologia Marinha. Os oito capítulos cuja primeira atualização remonta  a JUN 2012 serão os próximos a experimentarem  atualização idêntica (o que será feito paulatinamente, inclusive considerando-se as absorventes atividades de organização do Seminário).

                   Ao encerramento dos trabalhos, o Diretor de Hidrografia e Navegação e Representante da Marinha  no Cembra convidou os presentes para um almoço na Praça d’Armas do ex-NOc “Almirante Saldanha”, integralmente reconstituída  com o material original,  no Espaço da Memória Histórica da DHN, antecedido por um coquetel.                                        

 

 

 

contador
Friday the 18th. Joomla 2.5 templates.